Trânsito maluco!? A culpa não é minha.

27nov, 2018

“…Por mais passageiros assim como você!”

Isso foi o que eu ouvi de um motorista do Uber, num final de tarde, num dia comum, em Porto Alegre.

O que havia por trás daquele singelo pedido? Energia? Educação? Alegria? Bom humor?

Ele sorriu com a boca e com os olhos enquanto desejava a mim uma excelente noite!

Isso me levou a uma reflexão sobre o impacto que causamos na vida das pessoas e muitas vezes nem ficamos sabendo. Se a alegria é contagiante, o mau humor também é. Então perceba, o que você costuma espalhar por onde vai?

Será que estamos despejando nossas emoções e insatisfações no trânsito? Quanto disso tem a ver com o egoísmo, com a inversão de valores e o desrespeito entre nós? Veja, só é possível oferecer o que você tem, o que você é!

O trânsito é apenas o reflexo do que está acontecendo com todos nós. Se você está atraindo situações conflitantes no trânsito, envolvendo-se em acidentes, brigas, situações de muito estresse e constante estado de impaciência com tudo e todos, SERÁ QUE É A HORA DE OBSERVAR O QUE DE VERDADE ESTÁ ACONTECENDO DENTRO DE VOCÊ?

Como seria escolher ser a mudança que você deseja no mundo? É tão fácil apontar as falhas alheias e entrar no julgamento, todos nós somos “experts” neste assunto, mas isso não cria mudança, não cria leveza, não cria harmonia!

Então, o que você pode escolher diferente, agora mesmo, para mudar sua energia e sua realidade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat