É… a gente capta quando capta e escolhe quando escolhe!

29maio, 2019

Hoje eu quero compartilhar uma experiência que mudou minha vida!

Eu amo os passeios junto à natureza, é sempre uma oportunidade de ver a beleza, de me conectar, mas hoje foi diferente.

Neste exato momento em que escrevo, meus olhos estão com lágrimas, e ao mesmo tempo em que lembro do que aconteceu há algumas horas atrás, busco as palavras que possam expressar o que percebi e aprendi.

Estou em Bonito, no Mato Grosso do Sul, e realizei a flutuação na Barra do Sucuri. O lugar é lindo e ver a beleza embaixo da água é sempre incrível para mim. Já tive varias experiências deste tipo.


Estava animada com a preparação, a companhia dos amigos, o caminho, a paisagem, as fotos, enfim, tudo estava divertido! Até a metade do percurso eu estava curtindo e admirando tudo que meus olhos alcançavam, eu me deslocava com a ajuda dos braços e controlava o ritmo e a direção.

De repente eu senti uma pequena contração no pescoço e então perguntei “ao que eu estou resistindo”?

Foi aí que eu escolhi soltar… sim… eu experimentei na prática o que é seguir o fluxo!

A partir daí eu deixei a água do rio me conduzir e fiquei totalmente integrada com o universo.

Você já se sentiu parte do todo? Foi exatamente isso que eu senti!!!

Quando eu soltei meu corpo, fui totalmente guiada pelo ritmo da água, eu fui mais devagar, em alguns trechos eu desacelerei e dei uma volta de 360 graus, segui de costas por algum tempo, meu corpo virou novamente, depois acelerei de novo.

O silêncio falava tão alto que foi possível ouvir a batida do meu coração e ela estava igual à batida do universo. Mesmo ritmo, mesmo som. Eu senti a unicidade.

Eu senti o Reino de Nós.

Eu experimentei o “confiar no universo”. Meu corpo sentiu a água como eu nunca havia sentido, sem separação.

Não importa o quanto você já aprendeu, se foi pelo amor ou pela dor, se foi através de um livro, um curso ou numa conversa com alguém. Só você sabe de onde veio, quem você é e o que é verdadeiro para você. Só você sabe onde quer chegar.

Se você não tem muita clareza sobre isso neste momento, não se preocupe, você não está errado, nem sozinho. Eu entendo você.

A vivência de hoje foi única e o que ela fez foi incorporar o que eu já sabia. Pois é… quantas vezes a gente fala, ensina, acredita em alguma coisa, mas na prática nem sempre faz? É… a gente capta quando capta, escolhe quando escolhe!

A energia deste momento está gravada em meu coração. O ritmo do universo está ecoando em meus ouvidos. Meu nível de presença e percepção está totalmente ampliado.

Traduzir tudo isso em apenas duas palavras? PAZ e GRATIDÃO!

Clarissa Mandelli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat